Bolo de chocolate e piripiri.

Fui assaltada por uma ideia que nao me largou ate materializar o etereo em fisico palpavel. Depois das ferias de natal, cheguei a casa com a determinacao de fazer bolo de laranja, receita da avo, como deve ser. Com os ingredientes no cesto das compras, a laranja da horta da avo e cada passo da confeccao do bolo em mente, nada poderia dar errado. Nada, se de repente nao me tivesse vindo a ideia um chocolate com piripiri que bebi em Portimao numa chocolateria, que tambem e bar, cafe e livraria. Entao pensei: “vou fazer bolo de chocolate com piripiri, usando a receita original do bolo de laranja mas substituindo o sumo da laranja por chocolate e adicionando uma malagueta”. O bolo de laranja dita: bater 5 claras em castelo, adicionar lentamente 250 mL de acucar (uma caneca de leite), depois as gemas tb lentamente. Adicionar 2 dL de oleo. Juntar 375 mL de farinha com fermento, alternadamente com o sumo e raspa de uma laranja e mexer so ate homegeneizar. Colocar em forma untada com manteiga e polvilhada com farinha e levar a forno lento por 35 minutos.

Comecei por derreter o chocolate com um gole de azeite com umas pedrinhas de flor de sal, pois lembrei-me que uma vez a comer mousse de chocolate, o meu tio realcou a combinacao azeite-sal-chocolate. Desfiz uma malagueta pequena e acrescentei ao chocolate. Pus as claras a bater na maquina, adicionei metade do acucar original, as gemas, a farinha e depois de arrefecer um pouco, o chocolate. O chocolate ficou bastante consistente, pelo que cortei a farinha em metade. Foi ao forno a 150 graus por 45 minutos e foi dificil esperar que arrefecesse o suficiente para provar. O meu marido estava ceptico em relacao a bolo de chocolate com piripiri. Quando cheguei a casa disse-lhe que queria fazer um doce e perguntei-lhe: “preferes bolo de chocolate com piripir… “, e fui interrompida pelo seu: “o que?! chocolate com piriri? nao!” e continuei a minha questao”… mousse de chocolate com piripiri… “, outra vez interrompida para ouvir “mmm, talvez o bolo seja bom” e nao tive tempo de acabar a questao que seria”… ou claras em castelo com doce de ovos no forno?”. O resultado foi um bolo bastante consistente, que cresceu muito pouco e que estava pouco doce como se queria mas que se queria mais picante. E com moral da estoria: “para a proxima segue a receita original do bolo de chocolate e nao te ponhas com invencoes!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s