“Bratkartoffeln” para o “Santsmarti”

Aqui na Prússia comemora-se também o dia de São Martinho. Estamos na altura das castanhas e do vinho novo, mas o ritual do São Martinho prussiano, consiste em dar a volta ao bairro com uma lanterna artesanal. É uma boa maneira de enganar o frio. Bom, talvez jeropiga e castanhas assadas o enganem muito melhor do que as luzinhas que as crianças montam nas lanternas! Mas, enganos de lado, a minha filha perguntou-me há uns dias se eu queria que ela me contasse a estória do “Santsmarti”. Anui, claro, sem lhe dizer que estava a pensar em smarties e não no São Martinho. E assim ela me descreveu a estória do São Martinho, do seu cavalo e manto. “Queres que te conte outra vez, mamã?”, “Sim, mas qual a do Saint Martin ou a do Santsmarti?”, “A do SantsMaartiiiiin!”. São Martinho, cavalo, manto. “Agora vamos comer, meu amor.”

Ao jantar, um prato típico da fast food prussiana: Batatas com esparregado e ovo estrelado. As batatas, bratkartoffeln, fá-las o meu marido, pois é ele o especialista dos pratos prussianos. Cozem-se as batatas (pequenas) com pele na panela de pressão e em vapor. Estão prontas ao primeiro apito. No dia seguinte, descascam-se e cortam-se às fatias de meio cm de grossura. Numa frigideira anti-aderente, vai um nó de manteiga e um gole de azeite. Quando a gordura está bem quente, caem as batatas, que se vão virando conforme vão alourando, com um toque de mestre na frigideira. O meu marido tempera-as com sal, pimentão doce e ervas provençais. São as minhas batatas perfeitas de momento. E o prato completo, com esparregado e ovos estrelados deixa-me a pairar dois pés acima do chão.

5 thoughts on ““Bratkartoffeln” para o “Santsmarti”

  1. Querida Sofia,

    As tradições são o que delas fazemos e uma luzinha é sempre bem-vinda. Por cá as castanhas estiveram na mesa mas não me importava de partilhar um prato de bratkartoffeln convosco e com a contadora de histórias. 🙂

    Um beijo de saudades para toda a família*

    • Querida Suzana,
      Seria um prazer partilhar contigo as bratkartoffeln! 🙂
      É verdade, as tradicoes sao o que fazemos delas e, muitas vezes, apenas truques para sacudir a saudade. Entao, vem dai, traz as castanhas e partilhemos a mesa de Sao Martinho! Tenho a certeza que se acenderão muitas luzinhas! 😉
      Beijinhos para os dois
      Sofia

  2. Ola Sofia,
    Acompanho o seu blog mas nunca comentei. Tambem este ano, pela primeira vez a minha filha participou no passeio com a lanterna. E eu tambem, claro! Achei a tradiçao engraçada mas, as castanhas…. Ai as castanhas! Quanto ao prato, tambem ja comi mas sem esse tempero nas batatas. Acho que ficara ainda melhor.

    Beijinhos, de uma “vizinha” na Baviera 🙂

    Daniela

    • Olá Daniela
      Obrigada pelo seu comentário tão simpático. Fico sempre contente quando “encontro” um leitor do blog que também está em terras germânicas. É como se mais uma luzinha se acendesse :). Quanto às castanhas, também é possível encontrar aqui, assadas, pelo menos na antiga Prússia, durante os mercados de Natal, que estão quase a começar.
      Beijinhos
      Sofia

      • Olá Sofia! Sim, ja comi castanhas cá, em casa e na rua, numa visita a Nuremberg. Estou ansiosa por conhecer os mercados de Natal! Nao se fala noutra coisa por aqui 🙂

        Beijinho,
        Daniela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s