À grega

Há uns tempos, uma amiga grega falou-me de uma receita (de família) de tomates recheados, enquanto me contava as estórias de terror que o povo grego hoje vive. Séculos antes de Cristo, quando os povos bárbaros andavam de chacina em chacina, sedentos de sangue, os gregos revolucionaram o modo de pensamento humano no mundo ocidental. A Grécia antiga foi o berço da civilização ocidental e hoje, o sistema capitalista que se impõe na Europa, não faz mais que renegar as suas origens.

Quando vi a receita da Fer de tomates recheados lembrei-me da receita da minha amiga e tentei improvisar.  Cortei tampas a cinco tomates, escavei-os com uma colher e reservei o seu interior. Pu-los em forno aquecido a 180 graus temperados por dentro com sal, azeite e manjericão picado. Triturei o recheio do tomate com um dente de alho e mais manjericão e, com este molho, cozinhei uma chávena de arroz, deixando-o ficar bem al dente. Piquei um cebolo e misturei com o arroz. Retirei os tomates do forno meia hora depois e recheei com o arroz e com quadradinhos de queijo, que eu queria que fosse feta, mas não foi porque não tinha. Com o arroz que sobrou. preenchi os espaços vazios da travessa que levou os tomates. Foi mais 15 minutos ao forno, até dourar. Foi uma refeição bem reconfortante. Mas neste momento de crise, precisamos de um pouco mais do que reconforto.

5 thoughts on “À grega

  1. Cá em casa, o especialista dessa receita (gemistá sto foúrno) é o homem. Viveu 8 anos na Grécia e, como forma de matar as saudades, vamos cozinhado muita comida grega cá por casa. A moussaka fica sempre a meu cargo 🙂

  2. Sofia, nunca estive na Grécia, mas é um pais que quero muito conhecer. adorei a sua variação da receita com o arroz. e o aproveitamento da polpa dos tomates [eu coloquei as dos meus num molho que fiz no outro dia]. um beijo!

  3. A Grécia é um pais que gostava muito de visitar, e conhecer a cozinha grega que me parece ser optima, mas enquanto lá não vou, agora em tempos dificeis pior ainda estão as viagens, vou confortanto a alma com esta tua receita bem apetitosa.
    Um beijinho

  4. Com esta receita, fizeste-me sentir saudades da visita que fiz à Grécia, pouco tempo antes da “crise”. Deve interessar a alguém rotulá-la como do euro, mas é a crise do capitalismo desenfreado que está a assolar o mundo todo.
    Não se valoriza o trabalho (salário justo) mas dá-se crédito para as pessoas não se sentirem à margem da qualidade de vida e exigem-lhes os juros exorbitantes que as irão subjugar…
    Visitar a Grécia foi para mim um deslumbramento. Nunca pensei que isso me pudesse acontecer. Ver de perto os lugares, os Museus, as ruínas dessa grande civilização que estudámos no Liceu, nas aulas História, foi um privilégio. Acho que já falei disso em O Meu Estaminé.
    A Gastronomia mediterrânica também merece referência especial. Por isso me deliciei a imaginar esta tua receita de Tomates Recheados à Grega. Muito saudável e apetitosa!
    Bjs. Bombom

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s