Bolo de chocolate à la Irvine Welsh para dois aniversários

Perguntei ao meu marido se para o seu aniversário queria o bolo de queijo da sua avó ou um bolo de chocolate recheado com morango. Perante a sua indecisão, decidi eu pelo bolo de chocolate e mergulhei eu numa outra indecisão: que receita escolher. Na verdade, bastou-me dar uma vista de olhos à prateleira dos livros de cozinha para decidir. A estória do bolo de chocolate à la Irvine Welsh, do livro Kafka´s Soup, já me tinha cativado. Depois de dar umas valentes risadas com o texto, deitei a mão à massa, evitando deitar o nariz na farinha, tal como o protagonista da estória, a um certo passo da receita. E nessa altura, mal sabia eu que este bolo seria não só de um aniversário real, mas também entraria na comemoração virtual do aniversário da Ana!  Mas há coincidências felizes, e de uma cozinha prussiana para uma cozinha viking, envio um bolo que celebra Maio duplamente – real e virtualmente – ainda que o faça só em Junho, e no último dia, como também é de esperar desta cozinha prussiana.

Comecei por derreter 200 g de manteiga (250 na receita original) num tacho de tamanho médio. À manteiga já derretida, juntei 240 g de açúcar (500 g na receita original) e mexi até formar uma mistura dourada. Juntei à mistura 30 g de cacau em pó (40 na receita original) e 150 g de chocolate de leite em barra. Deixei o chocolate derreter, mexendo sempre. Quando começou a ferver, juntei 250 mL de café e misturei, tirando agora o tacho do lume. Num recipiente à parte, juntei 2 ovos e 275 g de farinha com fermento. Misturei e adicionei 125 mL de vinho do Porto (375 na receita original). Juntei a mistura de chocolate à mistura de ovos e farinha e distribui por duas formas redondas. Pus em forno aquecido a 200 graus e, passado 45 minutos, o teste do palito deu positivo (1 hora na receita original). Entretanto, fiz a ganache de chocolate, derretendo 200 g de chocolate negro com 100 g de açúcar e 100 mL de  natas. Depois, dediquei-me ao recheio de morango, que não consta da receita original e foi feito seguindo somente o meu instinto. Deixei cerca de 300 g de morangos em 5 colheres de sopa de açúcar e um cálice  de vinho do Porto durante cerca de meia hora. Depois, levei a mistura a lume brando durante certa de 15 minutos, mexendo frequentemente. E voltei ao bolo. Retirei do forno, deixei arrefecer e espalhei a ganache por uma das bases. Por cima, distribui o doce de morangos. Coloquei a outra base e distribui o resto da ganache de chocolate por todo o bolo. Enfeitei com morangos frescos. Foi ao frigorífico durante cerca de 3 horas. Quando chegou o esperado momento da comemoração, servi cada fatia com mais doce de morangos. Este é um belíssimo bolo, mas só para adultos, pela quantidade de café e alcool que levam.

E se este bolo resultou bem na cozinha prussiana, aposto que resultará também na cozinha viking que a Ana comanda!

Anúncios

14 thoughts on “Bolo de chocolate à la Irvine Welsh para dois aniversários

  1. Sofia,
    Muito obrigada! Gostei tanto de ler a história da receita. Desconfio que vocês todas se juntaram para me trazerem bolos mesmo ao mesmo gosto. Um bolo com cheirinho, que maravilha!!
    Não conhecia a receita nem o livro, mas já fui investigar e encomendei. Achei a ideia magnifica e como admiradora do Irvine Welsh, imagino o que te riste a ler a receita. (Adoro a farinho no nariz)
    Parabéns ao teu marido, aqui o viking faz anos em Julho e já anda a escolher o bolinho, bolão, que quer para a festa 🙂

    beijinhos e até breve

    • Ola Ana
      Fico mesmo contente que tenhas gostado! 🙂
      Fizeste bem em encomendar o livro. Eu adoro-o e acho uma ideia fantastica, a de descrever receitas personificando um escritor. E as receitas que eu experimentei, resultam!
      Um beijinho e fico a espera de ver todas as participacoes no teu blogue!
      Sofia

  2. Sofia, que excelente escolha para um aniversário, de adultos.
    Gostei imenso da receita e do recheio de morangos
    Um beijinho

  3. Cá por casa o bolo de aniversário do Ricardo tb tem sempre a fruta de que ele mais gosta: morangos! Sabe a Verão, a sol e a alegria. 🙂 E com chocolate, como esse, sabe certamente a garfadas de prazer. 🙂
    Beijinhos

    • gasparzinha,
      de prazer são as garfadas que se dá ao bolo e as gargalhadas que se dá a ler a receita!
      eu também sou fã de morangos, aliás, de todos os frutos de verão.
      beijinhos
      sofia

  4. Gosto muito do Welsh, tenho uns quantos livros dele mas esse livro do Kafkas soup não o tenho, embora já tenha ouvido falar dele e de alguns autores que o livro aborda 🙂
    Parece-me muito bem para um aniversário.

    • moira,
      experimenta encomendá-lo. é mesmo incrível como este autor encarna tão bem em tão diferentes escritores. e parece que as receitas funcionam bem. ainda só experimentei duas, aprovadas.
      beijinhos
      sofia

  5. Pingback: O lanche está servido…. | Anasbageri

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s